quarta-feira, 26 de abril de 2017

Gordura saturada não entope as artérias - doença arterial coronariana é uma condição inflamatória, risco que pode ser efetivamente reduzido a partir de intervenções de estilo de vida saudável

Saturated fat does not clog the arteries: coronary heart disease is a chronic inflammatory condition, the risk of which can be effectively reduced from healthy lifestyle interventions
by Aseem Malhotra, Rita F Redberg, Pascal Meier

A patogênese e o tratamento da doença arterial coronariana requerem urgentemente uma mudança de paradigma. Apesar da crença popular entre os médicos e o público, o modelo conceitual de gordura saturada dietética entupindo um tubo é simplesmente errada. Uma revisão sistemática das descobertas e uma meta-análise de estudos observacionais não mostraram associação entre o consumo de gordura saturada e (1) mortalidade por todas as causas, (2) doença arterial coronariana (DAC), (3) mortalidade por DAC, (4) acidente vascular cerebral isquêmico ou (5) diabetes tipo 2 em adultos saudáveis.1 Da mesma forma, na prevenção secundária de DAC, não há benefício em reduzir a gordura, incluindo gordura saturada, sobre infartos do miocárdio, mortalidade cardiovascular ou mortalidade por todas as causas.2 É instrutivo observar que em um estudo angiográfico de mulheres pós-menopáusicas com DAC, maior ingestão de gordura saturada foi associada com menor progressão da aterosclerose enquanto que a ingestão de carboidratos e de gorduras poli-insaturadas foram associados com maior progressão.3

terça-feira, 25 de abril de 2017

Reverter diabetes tipo 2 começa por ignorar as diretrizes alimentares

Reversing Type 2 diabetes starts with ignoring the guidelines
By Sarah Hallberg | TEDxPurdueU

A seguir, trago a tradução da excelente palestra Dra. Sarah Hallberg sobre reversão de Diabetes Tipo 2. Essa tradução foi gentilmente cedida a mim para publicação pelo Sr. Pietro Felice Peruzzo.
O vídeo encontra-se no YouTube, neste endereço:


Pode uma pessoa ser “curada” do Diabetes Tipo 2? A Dra. Sarah Hallberg fornece provas convincentes de que ela pode, e a solução é mais simples do que você poderia pensar.

A Dra. Sarah Hallberg é Diretora Médica do Programa de Perda de Peso Medica-mente Supervisionado da IU Health Arnett, um programa que ela criou. Ela é certificada em medicina da obesidade e medicina interna e tem um Mestrado em Fisiologia do Exercício. Ela criou recentemente o que é apenas a segunda rotação não-cirúrgica de perda de peso no país para estudantes de medicina. Seu programa tem excedido consistentemente benchmarks nacionais para a perda do peso, e foi bem sucedido em inverter o diabetes e outras doenças metabólicas. Dr. Hallberg é também co-autora de www.fitteru.us , um blog sobre saúde e bem-estar.
B.S., Cinesiologia e Ciências do Exercício, Illinois State University, 1994
M.S., Kinesiology & Exercise Science, Universidade Estadual de Illinois, 1996
M.D., Universidade Des Moines, 2002

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Jejum e grelina

Fasting and Ghrelin – Fasting 29
by Jason Fung
Tradução de André Marcanth

A grelina é o chamado hormônio da fome. Foi purificado a partir de estômago de rato em 1999 e subsequentemente clonado. Ele se liga ao receptor secretagogo do hormônio de crescimento (GH - growth hormone), que estimula fortemente o GH. Assim, para todos vocês que pensaram que comer faz ganhar tecido magro, é realmente o oposto. Nada desliga o GH como a comida. Naturalmente, o alimento fornece os nutrientes necessários para crescer, assim que na verdade, você precisa de ambos os ciclos de alimentação e jejum para crescer adequadamente. Nem toda a alimentação, nem todo o jejum. A vida está no equilíbrio dos dois. O ciclo da vida é banquete e jejum.
Também foi descoberto que a Grelina aumenta o apetite e ganho de peso. Ela também antagoniza o efeito da leptina (pelo menos nos ratos). A leptina, como você deve se lembrar, é o hormônio produzido por células de gordura que desliga o apetite e nos faz parar de comer. A grelina gera apetite. Então, se você quiser perder peso a longo prazo, você precisa ajustar a grelina.
Então, como fazer isso? Como discutimos na semana passada, comer o tempo todo parece como se isso fosse desligar a fome e a grelina. Mas isso é muito simplista. Surpreendentemente, a resposta é o oposto - o jejum.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Porque você está sempre com fome?

Why you’re always hungry – Fasting 28
by Jason Fung

Você vive com fome? Todos nós pensamos que comer mais vai evitar a fome, mas isso é realmente verdade? Este é o que está por trás do conselho para comer 6 ou 7 vezes por dia. Se você pode evitar a fome, então você pode ser capaz de fazer melhores escolhas alimentares, ou comer menos. A princípio, parece bastante razoável. No entanto, a princípio, o paradigma de Calorias que Entram Calorias que Saem também parece bastante razoável. Como o ouro do tolo, as aparências podem enganar, e nós devemos cavar mais profundamente para apreciar a verdade, se não nós somos os tolos. Então, vamos pensar um pouco mais nisso.
O conselho para comer o tempo todo a fim de evitar a fome assume que comer um pouco vai evitar a fome. Há alguma evidência de que isso seja verdade? Isso responderia com um grande “não”. Alguém inventou isso, e tem sido repetido tantas vezes que as pessoas assumem que é verdade. Na maior parte, tem sido promovido pesadamente pela indústria alimentícia dos petiscos para certificar-se de que a população continua a comprar seus produtos.
Vamos considerar algumas situações análogas. Suponha que você precise urinar. O que é mais fácil?
1.      Apenas segurar até encontrar o tempo/lugar certo.
2.      Fazer apenas uma pequena quantidade de xixi e, então, parar voluntariamente. Fazer isso repetidamente ao longo do dia.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

A proteína é importante na dieta cetogênica?

Is Protein in Keto important?
by Simon (Ketoisland.com)
Publicado em 23 de fevereiro de 2017



A proteína é um macronutriente essencial e vem da palavra grega Proteos, que significa O mais importante. Tudo em seu corpo é feito a partir de proteína, desde o seu cabelo, ossos, órgãos, pele; Mesmo hormônios peptídicos são feitos de proteína.
Muitas pessoas acreditam que uma dieta cetogênica é uma dieta rica em proteínas. Este é um mito, uma dieta cetogênica equilibra um nível moderado de proteína com baixo carboidrato e é rica em gorduras saudáveis.
Muitas pessoas também acreditam que o excesso de proteína apenas se transforma em açúcar no corpo. Este é também um mito, uma vez que depende muito do contexto. Vemos pessoas usando a palavra ALTA proteína para alimentar o medo nos outros, sem ao menos definir o que alta proteína é:

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Entendendo melhor o início das doenças do coração e das artérias

Há muito sabemos que o colesterol, por si só, não é a maior ameaça às artérias do nosso corpo. O colesterol é como se fosse uma “argamassa” utilizada pelo corpo para “fechar as rachaduras” das artérias (lesões causadas nas artérias que geram inflamação).
Abaixo reproduzo trechos do livro “Você – Manual do Proprietário (Michael Roizen e Mehmet Oz) e uma imagem do livro que ilustra isso. O texto não é direcionado a médicos ou estudantes, pelo contrário, ele é voltado para o público leigo e explica de maneira simples e didática, para o público comum, como ocorrem os danos nas artérias do coração. Lembro, no entanto, que esse livro foi publicado há mais de 10 anos atrás e pode estar desatualizado em relação a alguns aspectos técnicos.
No capítulo 2 do livro, os autores tratam do coração e das artérias. E eles discutem 3 mitos relacionados a isso. O segundo mito é: “A maior ameaça às artérias é o colesterol”. E porque é um mito? As explicações trazidas ao longo do capítulo levam à compreensão de como isso está equivocado, o que eles chamam de “destruidor de mitos”.